Logo

relé em Santa catarina

O uso de relé é indispensável para ser aplicado nas redes elétricas, afinal, é a base para modificar circuitos elétricos de saída através do comando e alimentação de uma corrente elétrica.

Resumidamente, é um interruptor eletromecânico que funciona ao ser acionado um eletroímã e mudar a posição do par de contatores de comandos.

Eles são muito importantes na área da elétrica e muitos acreditam que a sua função serve apenas para ligar ou desligar um elemento, contudo, vai além disso.

O que é um relé?

Muitos ainda se perguntam sobre o que é um relé e qual sua função. Este objeto nada mais é do que um interruptor eletromecânico que, ao ser acionado, gera a corrente elétrica e através dos eletroímãs e, consequentemente, os contatos de comandos mudam de posições.

Resumidamente, relés são essenciais para quem atua no segmento de rede elétrica, pois são muito utilizados em automação residencial e comercial como nas janelas eletrônicas, acionamento de lâmpadas, portões, entre diversos outros.


O relé, por sua vez, tem capacidade de acionar ou parar uma ação de um circuito por meio da transmissão de corrente elétrica, e ajudar você a acionar um interruptor a partir de um sinal de comando.

É importante lembrar que os sinais de comandos e os interruptores são isolados, garantindo ainda mais segurança dos circuitos.


O consumo reativo excedente é uma multa aplicada pelas concessionárias de energia para haja um consumo controlado desse recurso.

E é nestes casos que o controlador de fator potência é recomendado, pois ajudam a corrigir essa falha e gastos nas instalações elétricas. Além de permitir o monitoramento das suas atividades.

Leia Mais Ocultar

Principais Fornecedores

Eletro MW

Eletro MW

Blumenau - SC



Nunca foi tão fácil cotar!

Entre em contato agora mesmo, receba dezenas de orçamentos e escolha o melhor.


As pessoas também perguntam

Há três tipos de relé: térmico, temporizadores e de proteção.

  • 1. Relé térmicos. É indicado para locais onde as temperaturas tendem a ser elevadas, ou seja, evita a sobrecarga de eletricidade e é ideal para aplicar em motores elétricos para não haver superaquecimento e danificar o equipamento.
  • 2. Relé temporizador. Ideal para o uso em operações industriais para realizar o comando de partida com o controle de tempo. Basicamente é aplicado para realizar partida de motores além do comando.
  • 3. Relé de proteção. É o relé aplicado em uso de dispositivos para ligar ou desligar os aparelhos através dos campos eletromagnéticos que ocasionam mudanças de estados dos componentes.

Além disso, os relés podem ser classificados como abertos, fechados ou selados, logo, é possível fazer a utilização de acordo com suas características definidas.

Um relé também pode ser classificado em eletromecânico e fotoelétrico. Assim, você pode usá-lo em duas situações para instalações.

No caso de relé eletromecânico, a parte mecânica é acionada para ocorrer a corrente elétrica na bobina, ou seja, ao acionar a bobina, atrai o eletroímã e empurra o contato A ao contato B do relé.

Já o modelo fotoelétrico é o mais utilizado devido às funções de acionamento automático do circuito através da quantidade de luz. Um exemplo é o acionamento de lâmpadas em locais que escurecem, como nas vias públicas.

A principal função deste conceito é acionar ou interromper a ação de um circuito com a retransmissão da corrente elétrica. Resumidamente, funciona como um interruptor, pois tem a capacidade de fazer o isolamento de sinais, evitando curto-circuito.

Desse modo, a função deste dispositivo é desarmar disjuntores de energia, evitando que a corrente elétrica gera curto-circuito e, consequentemente, incêndios ou danificação nos equipamentos.

De forma geral, a função do relé é fechar e abrir os circuitos de acordo com os fatores ou configurações. Esse processo ocorre quando a corrente elétrica circula pela bobina, logo, é interrompida assim como o campo eletromagnético.

Com isso, os contatos voltam às posições originais ao abrir ou fechar os circuitos, sendo uma excelente vantagem para as empresas, indústrias e residências.

Afinal, sua função é permitir o funcionamento de outros aparelhos conectados no mesmo ou a outro circuito elétrico, como nos elevadores para a proteção contra abertura das portas, sistemas de catracas, entre diversos outros.


Imagens em destaque

Regiões onde atendemos

  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • São José
  • Chapecó
  • Itajaí
  • Criciúma
  • Jaraguá do Sul
  • Palhoça
  • Lages
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Caçador
  • Concórdia
  • Rio do Sul
  • Indaial
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Araranguá
  • Itapema
  • Içara
  • Mafra
  • Canoinhas
  • São Francisco do Sul
  • Videira
  • Xanxerê